Menu Principal

Sinpro Londrina

22/03/2011

INESUL apresenta lista de professores e SINPRO solicita liberação do dinheiro

Após a pressão do SINPRO e de professores, a Faculdade Inesul finalmente apresentou a lista de

docentes que tem dinheiro por receber. Com ela, o SINPRO entrou com uma petição judicial pedindo a

liberação dos valores bloqueados da instituição para que sejam repassados aos

docentes. Isso poderia ser feito por alvará.


São mais de 150 professores.




Atender ou não à petição proposta pelo SINPRO é

atribuição exclusiva do juiz encarregado do processo.


Valor

bloqueado é inferior ao montante devido


Os recursos da Inesul

bloqueados até o momento não são suficientes para cobrir os mais de 210 mil reais devidos. Por

isso, a petição do SINPRO solicita que eles sejam distribuídos proporcionalmente entre os

professores com salários em atraso, para abaterem especialmente o salário de Dezembro e o 13º de

2010


Bloqueio de recursos continua para pagar débitos

restantes


O SINPRO também manterá a

ação em curso, para garantir que os valores que ficarem pendentes após essa primeira

liberação sejam quitados na sequência.O sindicato também quer o recolhimento do FGTS

destes mais de 150 professores, pendente desde o início de 2010.





Professores da Inesul podem ligar no SINPRO a partir de amanhã

(quarta)


Os professores da Faculdade Inesul podem

entrar em contato com o SINPRO a partir desta quarta-feira para saberem os valores que a Faculdade afirma dever para cada um. Na

ocasião, deverão confirmar ou não, os valores sugeridos. O SINPRO está analisando

minuciosamente a documentação e disponibilizará nomes e valores amanhã. O telefone

é 3328-0080.

« voltar

Menu Rodapé

Sindicato dos Profissionais das Escolas Particulares de Londrina e Norte do Paraná
  R Delaine Negro, 75. CEP 86055-680. Residencial Ilha Bela. Londrina. PR Tel: (43) 3328-0080. E-mail: :contato@sinprolondrina.com.br

ID Agência Digital